Confira as siglas mais comuns em inglês no vocabulário corporativo

O inglês vem tomando conta do espaço no mundo corporativo e cada vez mais as suas expressões e siglas estão aparecendo nas reuniões de negócios e nas conversas entre empresários.

Não é de hoje que ser fluente no idioma é um diferencial no currículo e para entrar no mercado é necessário estar cada vez mais preparado. Porém, a realidade é que a maioria dos brasileiros não falam outro idioma e o último índice internacional de proficiência na língua inglesa da Education First (EF), mostra que o Brasil foi rebaixado e deixou o grupo de 40 países com os melhores desempenhos.

Você ainda fica perdido no meio das reuniões? Separamos aqui algumas das siglas mais utilizadas para te ajudar, confira:

As siglas em inglês mais utilizadas no mundo corporativo

– ASAP: significa “as soon as possible” e em bom português, “o mais rápido possível”. Geralmente a sigla acompanha mensagens que necessitam mais urgência nas respostas;

– FYI: abreviação para “for your information”, ou seja, “para sua informação”, indicando a importância do assunto para você;

– TIA: no meio corporativo é muito usada ao fazer pedidos por e-mail. Quer dizer “thanks in advance”, reforçando que você está antecipadamente grato por aquilo que pediu;

– TKS: serve para abreviar “thanks”, que significa obrigado;

– KPI: Key Performance Indicator, ou os famosos Indicadores-Chave de Desempenho;

– CRM: Consumer Relationship Management ou Gestão de Relacionamento com o Cliente, é uma ferramenta usada para gerenciamento;

– CEO: é o Chief Executive Officer, ou Diretor Executivo, é o cargo que está no topo da hierarquia operacional de uma empresa;

– CIO: Chief Information Officer, é o encarregado sênior responsável por todo o planejamento na área da tecnologia da informação (TI);

– CFO: Chief Financial Officer, responsável pelo departamento de finanças da empresa;

– SEO: Search Engine Optimization que são as técnicas que otimizam o posicionamento do seu site no Google;

Algumas palavras muito utilizadas em reuniões e no meio corporativo como um todo

Approach: abordagem;

Board: conselho diretor;

Brainstorm: troca de ideias sobre o assunto em pauta;

Branding: gama de ações referentes à administração de uma marca;

Briefing: informações necessárias para realizar um trabalho;

Budget: orçamento;

Business plan: plano de negócios;

Case: estudo de caso;

Core business: principal negócio da empresa;

Expertise: maior conhecimento na área de atuação;

Headhunter: recrutador;

Insight: percepção rápida;

Networking: rede de contatos profissionais;

Target: público-alvo.

 

Essas dicas ajudaram você? Venha para a Business Talk e aprenda muito mais. Clique aqui!

0
Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *